28/07/2011

BR'11: Quase sem palavras

O torcedor gremista de uma forma geral está quase sem palavras para criticar a péssima campanha do Tricolor. Tudo que era para dizer já foi dito, existe muita incompetência nas decisões tomadas, o time não tem rumo e não se cogita nem mesmo as três contratações que haviam sido prometidas no começo do mês.

A cada jogo um novo vexame, agora contra o pequeno América Mineiro, o que esperar do próximo jogo contra o Flamengo fora? Acho que só uma derrota pode ser previsível com esse futebol apresentado. O Douglas mudou, quando estreou era o nome do time, quando estávamos próximos de títulos dava tudo de si, mas agora não joga porque não quer, se tivesse um RESERVA A ALTURA como deveria ter sido contratado, não estaríamos chorando as pitangas e pedindo a saída da única fonte de criação da equipe.

Tudo que acontecer de errado, absolutamente TUDO, será culpa da Direção, eles contrataram mal, planejaram PIOR AINDA e ficam dizendo que só falta encontrar as vitórias, que o elenco está bom e que nada vai mudar internamente, ou seja, além de errar, acham que estão certos.


Primeiro tempo

Quando soou o apito os gremistas já esperavam ansiosamente pelo fim da partida e pelo grito de vitória, mas o que se apresentou em campo foi bem diferente. O Grêmio apresentou uma pressão inicial, aos 3 minutos André Lima tentou levar perigo ao goleiro visitante, mas a bola ficou na defesas.


Foto: Diego Vara
O América não se intimidou, mesmo jogando fora foi ao ataque e quase conseguiu abrir o marcador. Logo após o lance com André Lima o zagueiro Saimon errou no campo defensivo e Caleb ficou com a bola, mandando direto para o gol de Victor que conseguiu fazer a defesa.

O jogo estava feio, ambas as equipes encontravam dificuldades para penetrar na área adversária. Quem conseguiu chegar com força foi o América Mineiro, em jogada aérea, Amaral cobrou uma falta no lado esquerdo e mandou na cabeça de William Rocha que mandou direto para o gol. Os visitantes abriam o marcador cedo, havia tempo para reação, só bastava querer.

Foto: Diego Vara
Ao que tudo indicava os tricolores queriam, mas nem todos. Douglas, por exemplo, como só joga quando quer, ontem não jogou, da mesma forma Saimon que teve uma atuação aquém das anteriores e André Lima que não voltou bem ainda. Apesar de algumas peças, o Grêmio melhorou e chegou forte aos 23 minutos quando Mário Fernandes deu belo passe para Miralles que finalizou para defesa de Neneca.

O Imortal começou a empilhar chances, com Douglas, Escudero e Rochemback principalmente. Aos 38 minutos, por exemplo, Lúcio fez ótima jogada e Rochemback ficou com a bola, o volante tentou e, na sobra, André Lima desperdiçou. Chegava o fim da primeira etapa com o pequeno América na frente.


Segundo tempo

Na obrigação de vencer depois das más atuações até agora a equipe voltou mais ofensiva e com um pouco mais de vontade para os 45 minutos finais. Aos 10 minutos André Lima criou a primeira boa chance, o centro-avante arriscou um chute na entrada da área, mas a bola foi para fora.

Foto: Diego Vara
Apesar de tentar atacar, as coisas estavam cada vez piores para o Grêmio, vendo que Douglas não queria jogar, Julinho Camargo sacou o meia e no lugar entrou Leandro. A mexida foi providencial, pois minutos depois o Imortal chegou ao gol. Aos 15 minutos, em uma cobrança de falta, Rochemback mandou a bola para dentro da área, Miralles venceu a defesa e cabeceou para o fundo das redes.

Quando parecia que as coisas engrenariam, Miralles foi expulso pelo segundo cartão amarelo. O atacante fez falta dura em Dudu, depois de se atrapalhar bastante, a arbitragem expulsou o gremista. O Tricolor ainda teve outras oportunidades, todas perdidas, além de um pênalti não marcado em Leandro que já ficou marcado por ser cai-cai.



FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 27 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Renda: R$ 210.249,50
Público: 15.033
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ-Fifa) e Edney Mascarenhas (RJ)
Cartões amarelos: Miralles e André Lima (Grêmio); Amaral, Carleto, Dudu, Caleb, Fábio Junior e China (América-MG)
Cartão vermelho: Miralles (Grêmio)
GOLS: Willian Rocha, aos 15 minutos do primeiro tempo; Miralles, aos 15 minutos do segundo tempo;
GRÊMIO: Victor; Saimon, Mário Fernandes, Rafael Marques e Lúcio; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Douglas (Leandro) e Escudero (Marquinhos); Miralles e André Lima
Técnico: Júlio Camargo
AMÉRICA-MG: Neneca; Micão, Willian Rocha e Amaral; Marcos Rocha, China, Dudu (Eliandro), Caleb (Rodriguinho) e Thiago Carleto (Gabriel); Léo e Fábio Júnior
Técnico: Antônio Lopes



Resultado/Próximo jogo

Com o empate paramos nos 13 e até o momento estamos na 13ª colocação, podendo perder mais duas posições até o fim da rodada. Estamos a um passo da zona de rebaixamento, com 5 pontos a menos, a 8 pontos do G4 e a 15 da liderança.

Nossa próxima partida é pedreira, jogaremos com o Flamengo que venceu o Santos na Vila Belmiro por 5x4. O jogo será às 18h30min, no sábado, no estádio do Engenhão.



Vídeo:


0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011