07/07/2011

BR'11: O Cruzeiro agradece a preferência



O Grêmio é, inegavelmente, freguês do Cruzeiro. Somados mais de 50 confrontos entre os clubes celestes, os mineiros tem uma vantagem acima de 10 vitórias, ou seja, os gremistas são verdadeiros clientes VIP da Raposa.

Não bastando o péssimo retrospecto Tricolor, o time ainda está em formação, levará muito mais tempo para que as coisas se ajeitem. O estilo de Julinho Camargo é semelhante o de Falcão, tem quem goste (eu particularmente prefiro o estilo Renato, Felipão, e afins), o time seguiu a filosofia do técnico e segurou mais a bola, o que não impediu uma atuação muito ruim.

O próximo jogo é no Olímpico, existe a OBRIGAÇÃO de vencer. A torcida está furiosa, principalmente com o Presidente Paulo Odone (com razão), mas agora a crise afeta fortemente Antônio Vicente Martins, acho difícil os dois continuarem dirigindo o futebol gremista já que a situação está semelhante a época do Meira.


Primeiro tempo

A entrada do novo técnico teve um ponto positivo, Escudero começou a jogar no Grêmio. O argentino não tinha espaço na equipe de Portaluppi, mesmo sempre contribuindo nos jogos que entrou, mas, segundo Renato, as lesões impediam que o chefe do vestiário o chamasse mais vezes.

Foto: Washington Alves, Vipcomm
O Imortal melhorou na posse de bola, reduziu o numero de erros, mas, assim como o time de Falcão, não chegava ao gol. Depois de 17 jogos em que o Grêmio marcou gols SEMPRE, essa foi a primeira partida sem balançar a rede adversária.
Quem começou atacando foi o Cruzeiro, mas a primeira boa chance foi gremista, Marquinhos mandou para Escudero que cruzou na cabeça de Neuton, a bola passou raspando a trave e saiu. Escudero teve outra chance de marcar em seguida, mas Fábio fez boa defesa.

Foto: Diego Vara, ClicRBS
Aos 18 minutos Wallyson quase abriu o marcador em erro de Neuton, o Imortal respondeu com Rochemback que teve boa chance desperdiçada. Apesar de aparentar, o jogo não estava equilibrado, o Cruzeiro era mais perigoso e, aos 26 minutos, Montillo chegou livre na área visitante e só teve o trabalho de tirar o goleiro Grohe da jogada para marcar o primeiro em um chutaço.

O gol acabou com o Tricolor, a equipe não se achava mais em campo e o segundo gol só não saiu porque os donos da casa também não jogavam bem. Por sorte estava no final do primeiro tempo, cabia à Julinho sacudir a equipe para a segunda parte.


Segundo tempo

Na segunda etapa o Grêmio voltou em busca do empate, mas não contava com o erro primário de Rochemback logo aos 9 minutos. O volante gremista perdeu a bola perto da área, Wallyson roubou e mandou para Motillo que encaçapou mais uma. Cruzeiro 2X0 Grêmio.

Foto: Washington Alves, Vipcomm
Com o segundo gol a equipe visitante se desesperou ainda mais, se empilhou vários erros que apenas desperdiçaram tempo de partida, sem qualquer efetividade. Aos 17 minutos o Imortal teve boa chance com Leandro, o guri fez tudo certo, todavia na hora de mandar para o gol, errou.

Aos 31 minutos Wallyson não aproveitou o erro da defesa gremista e perdeu chance de matar a partida. O Grêmio só conseguiu responder sete minutos depois, Miralles mandou para Leandro que fez tudo certo, mas o goleiro cruzeirense fez incrível defesa.

Foto: Washington Alves, Vipcomm
Não se via futebol na Arena do Jacaré, com um time jogando pior do que o outro, só restava o fim da partida, mais uma para ser esquecida pelo torcedor tricolor que não aceitará outro resultado se não a vitória na próxima partida em casa.


FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO 2 X 0 GRÊMIO

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 06 de junho de 2011 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Assistentes: Emerson Augusto Carvalho (SP) e Alessandro Rocha de Matos (BA)
Cartões amarelos: (Cruzeiro) Leandro Guerreiro (Grêmio) Saimon, Leandro
Público: 10.652 pagantes
Renda: R$ 175.335,00

GOLS: CRUZEIRO: Montillo, aos 25 minutos do primeiro tempo e aos nove minutos do segundo tempo.
CRUZEIRO: Fábio; Vitor, Naldo, Gil e Diego Renan (Everton); Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Fabrício e Montillo; Thiago Ribeiro (Roger) e Wallyson (Ortigoza)
Técnico: Joel Santana

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Saimon (Edilson), Rafael Marques e Neuton; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Marquinhos (Pessalli) e Escudero (Miralles); Leandro e André Lima
Técnico: Júlio Camargo



Resultado\Próximo jogo

Com a derrota estamos com 8 pontos, na 14ª colocação. Nos encontramos a 11 pontos do líder, 7 do G4 e um do rebaixamento, sendo que ainda existem jogos a ser disputado na rodada. Pode piorar a situação ainda mais.

Nossa próxima partida é domingo, dia 10 de julho, às 16h. O jogo será no estádio Olímpico Monumental contra a equipe do Coritiba, que esta atualmente com um ponto a menos que nós e é o último fora da linha do Z4. Só cabe a vitória.



Vídeo:



0 comentários:

Postar um comentário

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011