Grêmiopédia - A enciclopédia do Grêmio

Acesse nosso novo site, a Grêmiopédia.

Todos os títulos do Grêmio

Como foram os grandes títulos do Imortal, do Mundial até os torneios internacionais.

A Conquista das Três Américas

Conheça a primeira conquista gremista das Américas nos anos 50.

Histórico de Confrontos

Confira o histórico de confrontos do Grêmio contra os mais variados times do Mundo.

Histórico de Campanhas

Histórico de campanhas gremistas na Libertadores, Brasileirão e outras competições.

O Dia em que o Grêmio venceu a URSS

Conheça essa façanha esquecida

27/12/2010

Grêmio 1X0 River Plate - Taça Internacional de Salvador de 1972


No ano de 1972 foi disputado na Bahia a Taça Cidade de Salvador. A competição foi dotada de grande prestígio, dado que fazia parte de uma grande comemoração pelo cinquientenário da independência do Brasil. Para a disputa foram convidados grandes equipes: o Grêmio, o Fluminense e o todo poderoso River Plate dos anos 70. Além destes o clube local do Vitória participou da competição.

Na primeira rodada o Grêmio ficou no 0X0 com a equipe do Fluminense. O River Plate venceu o Vitória por 2X1. Na segunda rodada dois empates sem gols.

A última rodada estava toda para o clube argentino. O River estava a um ponto do título, com 4 pontos, enquanto o Grêmio estava com 2. Na outra partida os já eliminados Vitória e Fluminense só cumpriram a obrigação e quem se deu melhor foram os baianos com uma vitória de 1X0 sobre os cariocas.

Na final o Grêmio se impôs. O futebol do Imortal neutralizou as peças chave do técnico Didi (Ghizo, Moretti, Martinez e Barisio). Com grande atuação do goleiro Jair, os laterais Espinosa e Everaldo, o volante Jader e o ponta Loivo, que marcou o gol do título.


OBS.: O Fluminense que disputou o torneio veio a sagrar-se vice-campeão do Campeonato Carioca do mesmo ano.
O Vitória que disputou o torneio veio a sagrar-se campeão do Campeonato Baiano do mesmo ano.
O River Plate que disputou o torneio veio a sagrar-se vice-campeão do Campeonato Argentino do mesmo ano.

TIME
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
Grêmio05030102000100+1
River Plate (ARG)040301010102020
Vitória040301010102020
Fluminense02030002010001-1



JOGOS:

1ª Rodada:
Fluminense 0x0 Grêmio
Vitória 1x2 River Plate

2ª Rodada:

Vitória 0x0 Grêmio
Fluminense 0x0 River Plate

3ª Rodada:
Grêmio 1x0 River Plate
Vitória 1x0 Fluminense


DADOS DO JOGO
Local:Fonte Nova/ Salvador-BA
Data:30/01/1972
Placar:Grêmio 1X0 River Plate
Gol:Loivo (Grêmio)



 GRÊMIO
RIVER PLATE
JAIR
BARISIO
ESPINOSA
ZUCARINI
ANCHIETA
RODRIGUEZ
BETO_BECAMARTE
DAULTE
EVERALDO
OSVALDO_PEREZ
JAIR
MERLO
TORINO
J. LOPES
GASPAR
ALONSO
FLECHA
MARTINEZ
CARLOS
MORETTI
LOIVO
GHIZO
TÉCNICO: OTTO GLÓRIA
TÉCNICO: DIDI




Equipe do Grêmio de 1972


22/12/2010

A vergonha foi oficializada



A vergonhosa decisão da CBF em unificar os títulos de 1959 a 1970 da Taça Brasil, Robertão e Taça de Prata é oficial, agora os antes campeões de uma espécie de "Copa Rio-São Paulo" são campeões brasileiros, em uma ação que é considerada como um "reconhecimento a história do futebol". O absurdo é lógico, até poderia ser discutido como uma Copa do Brasil, mas Campeonato Brasileiro é uma ofensa ao futebol NACIONAL e uma injusta elevação do futebol do "eixo do mal".

O "Campeonato Brasileiro" de 59 a 70 obrigavam clubes como o Grêmio, Inter, Cruzeiro e Atlético a 4 fases para se sagrar campeões, ou seja, QUANDO chegasse a uma final, o clube gaúcho não estaria preservado como os paulistas e cariocas (que entravam nas semi-finais), o que não é de espantar que os paulistas esculacham em números de conquistas nessa competição chinelo.

O absurdo não para por aí, pois enquanto o Rio Grande do Sul tinha apenas um representante, Rio de Janeiro e São Paulo tinham dois, ou seja, tínhamos de viajar, além das várias vezes nas fases iniciais, duas vezes a São Paulo e ao Rio para disputar contra os clubes de lá (na época em que se deslocar até lá não era tão fácil).

Mais uma vergonha da CBF para manchar a história do futebol nacional. Fico triste em ver a inércia dos clubes como Grêmio, Atléticos, Inter, São Paulo, Vasco, Flamengo e afins em não se manifestar contra essa abominação.

Lado positivo

Como nem tudo é ruim, o Grêmio tem também o que comemorar, pois é o clube de todo o Brasil que mais participou do Campeonato Brasileiro em toda a história da competição, além de manter a liderança no Ranking da CBF.


Como ficaram os campeões:

1959 - Bahia
1960 - Palmeiras
1961 - Santos
1962 - Santos
1963 - Santos
1964 - Santos
1965 - Santos
1966 - Cruzeiro
1967 - Palmeiras (venceu Taça Brasil e Taça de Prata)
1968 - Botafogo (Taça Brasil) e Santos (Taça de Prata)
1969 - Palmeiras
1970 - Fluminense



Atual galeria de campeões brasileiros:

8 títulos - Palmeiras e Santos
6 títulos - São Paulo
5 títulos - Flamengo
4 títulos - Vasco e Corinthians
3 títulos - Internacional e Fluminense
2 títulos - Bahia, Botafogo, Grêmio e Cruzeiro
1 título - Atlético-MG, Guarani, Coritiba, Atlético-PR e Sport



Como fica o Ranking da CBF:

1º) Grêmio – 2.869 pontos
2º) Palmeiras – 2.593 pontos
3º) Cruzeiro – 2.509 pontos
4º) Atlético-MG – 2.475 pontos
5º) Santos – 2.466 pontos
6º) Vasco – 2.397 pontos
7º) Corinthians – 2.361 pontos
8º) Flamengo – 2.341 pontos
9º) Internacional – 2.283 pontos (hahahahaha)
10º) São Paulo – 2.246 pontos



Quem mais participou do Campeonato Brasileiro?

1º) Grêmio 51
1º) Santos 51
3º) Cruzeiro 50
4º) Palmeiras 49
5º) Botafogo 47
5º) Atlético Mineiro 47
7º) Flamengo 45
) Internacional 45 (hahahaha)
9º) Vasco 44
9º) Fluminense 44
11º) São Paulo 43
12º) Corinthians 42

21/12/2010

Site de notícias do Milan já confirma Ronaldinho no Grêmio


Ronaldinho dando um banho nos colorados

Está tudo certo, pelo menos é isso que dá a entender o site de notícias do clube de Milão, Milan News. Segundo o site, Ronaldinho está de saída do clube e vestirá a camisa do Grêmio. Segundo o site só falta o anúncio oficial do clube.


"II Milan chiude il 2010 con due notizie certe, mancano solo gli annunci ufficiali. La prima, Cassano è un rossonero e partirà con il resto della comitiva il 27 dicembre per Dubai in vista del mini-ritiro invernale. La seconda, Ronaldinho è in Brasile per le vacanze e ci resterà a lungo per vestire la maglia del Gremio. Andiamo però con ordine: con l'arrivo del talento di Bari è aperto il dibattito circa l'impiego dell'ex-doriano che per più di un tifoso rappresenta una mina vagante all'interno dello spogliatoio. In effetti il rischio di rovinare un meccanismo che in attacco sembra girare alla meraviglia esiste ma guardando l'altra faccia della medaglia, la possibilità di poter schierare Cassano quando Robinho o Pato hanno bisogno di riposare un pò è certamente allettante, soprattutto a 2 milioni di euro circa. Prenderà il numero di Ronaldo, quel 99 che al fenomeno brasiliano non portò molta fortuna. A proposito di brasiliani, dicevamo di Ronaldinho che ieri è stato scaricato anche da chi l'ha sempre difeso, anche da chi sembrava essere rimasto l'ultimo a poterlo trattenere a Milano. E invece Berlusconi nella solita cena con gli europarlamentari ha confermato che Dinho se ne andrà, «pare che non si alleni bene» ha sentenziato il presidente, che meno di 5 mesi fa del brasiliano parlava con ben altri toni. Ma il calcio stravolge tutto in pochissimo tempo, il presente è già passato e Ronaldinho l'ha capito benissimo, il futuro si chiama Cassano."


Traduzindo, o site diz que o R10 está no Brasil para férias e deverá ficar para vestir a camisa do Grêmio como jogador. O Irmão de Ronaldinho, Roberto Assis, está em Milão para negociar a saída do jogador, que parece não agradar mais ao clube Italiano que teria interesse em liberar o meia-atacante para se desonerar dos gastos com o jogador que não ficará mais na Itália.


Mudando de assunto

O Grêmio está quase fechando a substituição da marca das camisas em 2011. A Puma será substituída pela Topper na produção do material esportivo, mas a Filon (que tinha contrato com a Puma) continuará como a fornecedora. Ricardo Vontobel, um dos vices de Odone, comentou a troca:

- Tivemos uma reunião, foi boa. A princípio ficou bem encaminhado, amanhã nós devemos acertar definitivamente a continuidade do contrato, mas trocando.


Com a nova marca a idéia é trazer novamente a camisa clássica, sem tantas revoluções como fazia a Puma. Mal posso esperar para comprar o novo manto de 2011, o manto em que vamos chorar a alegria de grandes conquistas, com toda certeza.

20/12/2010

O bom filho a casa retorna

Foto: ClicRBS

A maior revelação do clube em toda sua história, o jogador que teve uma saída conturbada do estádio Olímpico, a estrela dos europeus pode estar novamente vestindo a camisa tricolor em 2011. A forte movimentação da mídia com a repercussão da possibilidade de Ronaldinho Gaúcho para o Grêmio estão cada vez mais ganhando força e é sim uma realidade a possibilidade de volta ao clube Imortal. Não há como esconder a felicidade com essa notícia, passamos de clube falido para gigante de grandes contratações.

Assis, Odone, grandes jornalistas e dirigentes de respeito dão a entender de que é concreta as chances do R10 no Tricolor. O jogador do Milan está em Porto Alegre para as festas de fim de ano e pode acertar sua transferência já em 2010, um luxo.

As declarações da peça chave do negócio, Assis, dá indicação da volta de Ronaldinho. No acordo para a volta do meia o Grêmio teria de arcar com 10 milhões (dos 20 milhos da multa rescisória com o Milan) e o irmão do R10 arcaria com o resto.

Segundo Assis:

– O torcedor pode sonhar. Estou muito feliz com esta possibilidade, mas não posso criar uma expectativa. Pode ser que neste momento eu não consiga, mas, certamente, um dia Ronaldinho voltará a vestir a camiseta do Grêmio. sempre manifestamos nosso carinho pelo clube e sempre foi verdadeiro o que dissemos. Naquele momento, quando o Ronaldo saiu do Grêmio, as coisas aconteceram daquela maneira, mas nunca desrespeitamos o Grêmio.


Outro que não esconde nenhum pouco a vontade e a possibilidade de Ronaldinho no Grêmio é Paulo Odone. Segundo o presidente do Grêmio:

— De fato, há uma conversação. Ele sabe que precisa resgatar uma dívida com o Grêmio. Tem vontade de voltar, já nos disse que quer encerrar a carreira aqui. Há, mesmo, muita chance de vir.

– Acho que vamos conseguir contratar o Ronaldinho. Estamos conversando com o Assis e isto pode ter um final feliz. Se vier mesmo para o futebol brasileiro, nenhum time vai tirar ele do Grêmio

– O Assis acha que resolve a questão com o Milan. Caberia ao Grêmio resolver o Ronaldinho daqui para a frente – disse Odone.

– Confesso que fui procurado. O Assis vem mantendo contatos frequentes com o Antônio Vicente Martins. Eles têm conversado bastante. A família quer que ele encerre a carreira no Brasil. Ele quer morar em Porto Alegre. Ele só vai superar este clima com a torcida do Grêmio jogando aqui de novo. Ele está querendo se reconciliar com o Grêmio e, de certa forma, pagar uma dívida com o clube.


Outros membros do Grêmio também demonstram que o negócio este em vias de conclusão. César Cidade Dias, assessor de futebol já projeta até o salário e disse que os valores da revisão não estão corretos:

– O salário dele não seria problema. A idéia é que tudo que seja investido tenha um retorno financeiro ao Grêmio. Esquema muito parecido com o usado pelo Corinthians quando trouxe o Ronaldo. Mas o que mais pesa no momento é a imensa vontade do jogador de retornar ao Estádio Olímpico

– Isto não tem nem pé e nem cabeça. Tudo chute. Não sei de onde tiraram estes valores.


Além do Grêmio o Palmeiras, Liverpool e Los Angeles Galaxy também estão interessados no jogador. As notícias não param de chegar e a cada uma Ronaldinho fica mais perto do Grêmio de 2011. Vou torcer para que dê certo.


17/12/2010

MATUTANDO: A imagem do Internacional está destruida




A derrota para o Mazembe do Congo não se tornou apenas um pesadelo pelo fato de não conquistar o Bi Mundial, o vexatório resultado deixou marcas de terror para todos os colorados e de eterna alegria para os gremistas. Não vi, até o presente momento, nenhuma camisa vermelha nas ruas depois do jogo de terça (é como se só existisse um clube no RS, o Grêmio). Os vermelhos parece que não ter palavras para explicar o que ocorreu em Abu Dhabi, nem mesmo se rebaixados fossem  parece que seria mais vergonhoso para eles do que a situação que a equipe do Beira-Rio fez seus torcedores passarem.

Não bastasse a derrota, todos os meios de comunicação divulgam humoradas notícias sobre o resultado no Mundial. Desde o site renomado de esportes da Globo.com até os meios mais inusitados como um site criado para o goleiro Kidiaba do Mazembe. As notícias não param de sair e cada uma chega como uma facada para os torcedores colorados, a última foi o PRESIDENTE DA FIFA chamando o clube de "Porto Alegre" (HORA! Não era esse o apelido que os torcedores do Inter davam para nós???).




A instituição Sport Club Internacional está com uma imagem perante o Mundo pior do que a de qualquer clube no Planeta, inclusive aqueles que foram rebaixados esse ano.


Montagens do goleiro Kidiaba no site mencionado acima:






Mudando de assunto:

O Grêmio está prestes a acertar a renovação com André Lima. Na onda do vai e vem do futebol nacional estão sondando Douglas, mas o meia deve ficar no Olímpico.

Outro que esta de malas prontas é Ronaldinho Gaúcho, seria extremamente proveitoso ter novamente ele no Olímpico, iria entrar dinheiro que nem agua nos cofres do clube, mas alguns torcedores com pouca, ou nenhuma, inteligência não percebem isso. Ele pretende voltar para o Brasil. Aguardemos!

15/12/2010

A cada dia mais me orgulho de ser gremista



Cada um tem o que merece...

14/12/2010

Homenagem ao time guerreiro do Mundial

09/12/2010

Estamos na Libertadores de 2011!!!!

Foi suado, foi assustador, foi tenso, mas foi gratificante. O fim do ano do Imortal não poderia ter terminado melhor (dado as circunstâncias do primeiro turno), estamos na LIBERTADORES DA AMÉRICA!

Como havia dito, era difícil (e foi), mas não impossível. O Independiente, assim como o Goiás, é um time muito limitado e o jogo era de péssima qualidade. Seria possível qualquer um ser campeão, pois erros de ambos os lados não faltaram.

A equipe argentina começou mal, mas foi tomando conta do jogo, marcou o primeiro gol e logo sofreu o empate. Aí eu, como todo bom gremista, senti uma facada no peito, era o sonho indo embora. Como torcedor "rojo" que era ontem, não parei de acreditar. Quando saiu o bizarro segundo gol e o terceiro mais bizarro ainda não contive a emoção, estávamos de volta a competição mais amada dos gremistas.


Foto: Globoesporte.com
O segundo tempo, que acreditei ser de domínio do Independiente, se tornou igual e os gols não saíram, para o meu desespero. Um gol quase que definiria o título para os brasileiros e seria o fim das chances para nós.

Na prorrogação uma bola na trave quase matou meia nação azul, preto e branco do coração. Nos pênaltis a glória eterna. Um erro do jogador goiano na cobrança de penalidades nos dá a chance de sonhar com o título da LA11 o ano que vem. Tomara que tenha um GRE-NAL.


Agora é só torcer para que janeiro chegue rápido e o Liverpool do Uruguai será a primeira vítima do IMORTAL TRICOLOR DOS PAMPAS.



Vídeo:


08/12/2010

O sangue azul vira "rojo", só hoje!



Hoje é o dia de entrar na Libertadores com pinta de favorito ou se dedicar ao máximo a Copa do Brasil em 2011. Todos queremos a América, mas temos de ser realistas e saber que será uma tarefa difícil, mas possível, de o Goiás sair sem o título na Argentina. Hoje o coração azul celeste vai bombiar sangue "rojo".


Retranca dos goianos Vs salvação dos argentinos

Tudo indica que o time do Goiás ira na retranca para a Argentina. A Sul-Americana será, se conquistada, o maior título da história da equipe, portanto é difícil imaginar que o time vá disposto a arriscar a vantagem. É muito mais fácil para o time derrotado dizer que tentou segurar o resultado na retranca do que perder a conquista por ter saído para o jogo mesmo com a vantagem.

Para o Independiente o título é sinônimo de recomeço. A equipe que não vence um título desde 1995 esta sedenta por conquistas, pois era, até os anos 90, um clube realmente copeiro. Nesse clima de decisão os argentinos vão dar a vida pelo título que pode colocar a equipe de volta "nos trilhos" e, de quebra, sair da seca de conquistas.

O time da Argentina promete ir com tudo para a decisão, não vão ficar atrás e, como contra a forte LDU, podem sair campeões pelo fator casa. O Goiás nunca decidiu um título dessa importância, os jogadores podem "pipocar".


Times/Jogo

INDEPENDIENTE: Navarro; Velázquez, Tuzzio, Matheu e Mareque; Cabrera, Battión, Fredes e Martínez; Patricio Rodríguez e Parra.
Técnico: Antonio Mohamed.

GOIÁS: Harlei, Ernando, Rafael Toloi e Marcão; Douglas, Amaral, Carlos Alberto, Marcelo Costa e Wellington Saci; Otacílio Neto e Rafael Moura.
Técnico: Artur Neto.


INDEPENDIENTEX GOIÁS
Data: 8/12/2010 (quarta-feira)
Hora: 22h (de Brasília)
Local: estádio Libertadores de América, Avellaneda (ARG)
Árbitro: Oscar Ruiz (COL)
Auxiliares: Abraham González e Humberto Clavijo (ambos da COL)



Para dar confiança:

07/12/2010

Craques do Brasileirão: Quem perdeu foi o espetáculo




Não é clubismo, fanatismo ou qualquer outro sentimento futebolístico, é a razão falando alto: não gostei nada das "escolhas" dos craques do BR10 esse ano. A classificação final só prejudica um, o espetáculo.

O primeiro grande erro contra o Grêmio, e o futebol, foi Gabriel não estar na lista, agora Victor ficou com a prata perdendo para o Fábio do Cruzeiro (que não é nem de longe o Victor), Portaluppi ficou com o Bronze, isso, Bronze, e o Douglas com o bronze também, mas resultado justo. Além destes Jonas recebeu o ouro, merecido.


Foto: Júlio César Guimarães/ UOL

Jonas recebeu o título de "Atacante de Ouro" do campeonato. O goleador já havia levado o prêmio "Bola de Prata" da Revista Placar mais cedo e depois ganhou a chuteira de ouro. Com 23 gols, a artilharia folgada, a quebra de recordes e belas atuações, o atacante recebe a merecida conquista.


Foto: Agência Lance

Grande injustiça foi feita com Victor. Mesmo nos piores momentos da equipe o goleirão fazia seu trabalho impecável, já Fábio que não foi nenhum monstro no gol. Aí entra o fator financeiro certamente, pois o goleiro do Cruzeiro esta envolvido em negociações ou renovação. Só acredito que foi esse o motivo, pois não podemos comparar Victor a Fábio certamente.

O goleiro gremista foi peça fundamental da reação no segundo turno e impediu desastres no primeiro, mas mesmo assim preferiram coroar o goleiro vice-campeão com o título. Como eu disse, perde o espetáculo.

Foto: Globo.com

 Depois de chegar e decidir o segundo turno, Renato Portaluppi ficou com o bronze. Achei um erro grosseiro, pois no mínimo com a prata ele deveria ficar, mas o dono do segundo lugar foi para Cuca (que escolha). O Muricí merecia o ouro, transformou o Fluminense, mesmo tendo ganho uma seleção para trabalhar foi competente para vencer, diferentemente de Roth, por exemplo.

Douglas teria ficado com menos do que merecia se os outros dois não merecessem mais. Conca e Bruno César foram as grandes peças de seus times, por isso mereciam ficar com o ouro e prata respectivamente.



PREMIADOS:
 Goleiro: 1) Fábio (Cruzeiro); 2) Victor (Grêmio); 3) Jefferson (Botafogo)

Lateral-direito: 1) Mariano (Fluminense); 2) Léo Moura (Flamengo); 3) Jonathan (Cruzeiro)

Zagueiro pela direita: 1) Dedé (Vasco); 2) Alex Silva (São Paulo); 3) Chicão (Corinthians)

Zagueiro pela esquerda: 1) Miranda (São Paulo); 2) Réver (Atlético-MG); 3) Leandro Euzébio (Fluminense)

Lateral-esquerdo: 1) Roberto Carlos (Corinthians); 2) Kleber (Inter); 3) Diego Renan (Cruzeiro)

Volante pela direita: 1) Jucilei (Corinthians); 2) Fabrício (Cruzeiro); 3) Willians (Flamengo)

Volante pela esquerda: 1) Elias (Corinthians); 2) Arouca (Santos); 3) Marcos Assunção (Palmeiras)

Meia pela direita: 1) Montillo (Cruzeiro); 2) D'Alessandro (Inter); 3) Paulo Baier (Atlético-PR)

Meia pela esquerda: 1) Conca (Fluminense); 2) Bruno César (Corinthians); 3) Douglas (Grêmio)

Atacante 1: 1) Jonas (Grêmio); 2) Thiago Ribeiro (Cruzeiro); 3) Eder Luis (Vasco)

Atacante 2: 1) Neymar (Santos); 2) Kleber (Palmeiras); 3) Loco Abreu (Botafogo)

Treinador: 1) Muricy Ramalho (Fluminense); 2) Cuca (Cruzeiro); 3) Renato (Grêmio)

Craque do campeonato: Conca (Fluminense)

Revelação: Bruno César (Corinthians)

Craque da galera: Conca (Fluminense)

Árbitro: 1) Sandro Meira Ricci; 2) Carlos Eugênio Simon (kkkkk); 3) Paulo César de Oliveira

06/12/2010

BR'10: Os passos do Tri



O primeiro dos três passos para o tri da Libertadores foi dado. Com a vitória impecável sobre o Botafogo por 3X0 o Imortal deu um grande passo para 2011. Agora resta torcer contra o Goiás na Sul-Americana, segundo passo, e o mais difícil, copar em 2011.

Tudo para o Tricolor de alma castelhana é penoso, sofrido, na garra, e por isso é tão bom ganhar. Quarta-feira vai ter mais torcedores do Grêmio torcendo pelo Independiente que os próprios argentinos e os goianos somados.


Primeiro tempo

Como a muito se vê no Grêmio de Renato e nunca se viu no Grêmio de Silas, talvez uma vez ou duas, o Imortal começou pressionando desde o primeiro segundo de jogo. Aos 2min o goleador gremista já estava na cara do goleiro Jefferson; Jonas mandou uma cabeçada e quase abriu o marcador, chance clara.

O Botafogo estava assustado, mas aos 12min tentou uma reação em uma bola parada. Marcelo Cordeiro, mas Victor fez a defesa. Irritado com a arbitragem Joel Santana foi expulso logo após o lance. Aos 18min os cariocas chegaram novamente com Loco Abreu que mandou para Marcelo cordeiro que tentou e no rebote Fábio Santos afastou.

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

Mesmo com o ímpeto botafoguense em tentar igualar a partida, erramos infinitamente superiores a eles. Assim, aos 20min, Jonas recebeu na área e mandou para o gol, Jefferson espalmou e no rebote André Lima mandou para o gol.

Aos 38min mais festa. Jonas tabelou com André Lima e, cara-a-cara com o goleiro botafoguense, mandou uma bomba contra o patrimônio carioca. O goleador passou o Saint Portaluppi com 75 gols, um a mais e ainda levou o título de goleador do campeonato.


Foto: Lucas Uebel/Gazeta Press
 
No final do primeiro tempo André Lima quase ampliou para 3, mas parou em uma ótima defesa do goleiro Jefferson.
 
 
Segundo tempo
 
Na volta o Botafogo estava mais preocupado do que nunca. As faltas começaram a aparecer e o jogo ficou truncado. O time carioca voltou mais ofensivo e foi para o tudo ou nada.
 
Antes que o clube alvinegro pudesse reagir o Grêmio fechou a conta. Aos 8min Douglas recebeu uma bola de Jefferson, isso mesmo, do goleiro do Botafogo, mandou para André Lima que devolveu açucarada para o meia da Seleção mandar para o gol. Grêmio 3X0 Botafogo.
 

Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

Os cariocas não conseguiram reagir, as jogadas não saiam e o medo de um vexame maior impedia qualquer tipo de "loucura" em campo. O jogo estava praticamente terminado no começo do segundo tempo.
 
Das jogadas adversárias que se pode mencionar é apenas uma bola na trave aos 29min de Antônio Carlos, pois o Grêmio era quem mantinha a iniciativa. A fome de Renato por gols é tanta que Diego entrou na vaga de André Lima, esse Portaluppi gosta mesmo é de bola na rede.
 
Diego entrou e o Grêmio quase ampliou por diversas vezes. Logo no seu início de partida o talismã mandou para Lúcio que mandou na trave. Logo após o lance com Lúcio, Diego levou perigo a Jefferson que tirou a bola do gremista no último instante. Depois ainda perdeu uma chance quando recebeu de Jonas, mas não conseguiu dominar.
 
O jogo terminou com a vitória na épica campanha do segundo turno. Tudo graças ao ídolo que trouxe de volta a alma do IMORTAL TRICOLOR DOS PAMPAS.
 
 
Resultado

Com chegamos a 63 pontos e garantimos a 4ª colocação. Agora aguardamos o último jogo da final da copa Sul-Americana para ver se levamos a vaga na Libertadores. Para garantir precisamos de uma vitória do Independiente sobre o Goiás nessa quarta-feira por dois gols (e vitória nos pênaltis) ou mais de três, pois só levamos a vaga se o time goiano não ganhar a Sula.


Vídeo:

02/12/2010

MATUTANDO: Vitória esmeraldina não diminui esperança



Após a vitória do Goiás, matutei o quanto tem azar a nossa equipe. Poderíamos estar na final dessa competição, ganhar o último título possível dessa década e de quebra levar a vaga garantida na Libertadores 2011, mas para nosso azar quem está na final é o rebaixado clube de Goiânia por pura incompetência do Grêmio.

Que falta de visão das direções que não vê que essa competição é o título mais fácil das Américas e mesmo assim prefere apostar em Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro ao invés de demonstrar só um pouco de interesse nessa competição, pois o mínimo de vontade já é o necessário para vencer o fraco Independiente, o limitado Goiás e outros clubes de péssima qualidade dessa competição.


Visão de títulos

Não gosto de ver que o gremistas estão querendo qualquer conquista para sanar a vontade de ganhar um título que não vem a 9 anos, mas é o que devemos querer, infelizmente. Os colorados, por exemplo, se gabam de ter tido a melhor década de sua história (Vice Brasileiro 2005 roubado, Mundial e Libertadores 2006, Recopa 2007, Sul-Americana 2008, Vice Brasileiro 2009, Libertadores 2010), mas apesar de ter tido a pior década da nossa história, não estamos tão mal (Copa do Brasil 2001, Vice Libertadores 2007, Vice Brasileiro 2008), mas ainda assim precisamos de títulos para não acabar como o Independiente, por exemplo.

A Sul-Americana é mais fácil que a segunda divisão, mas é um título continental. Está mais do que na hora de, se não formos para a Libertadores, coparmos nela o ano que vem.


Decadência do futebol argentino

O que para alguns é fato de alegria, para mim é de tristeza. O futebol argentino está completamente decadente. Não há hoje um clube capaz de representar com qualidade o país hermano. Quem perde com isso é todos que participam da Libertadores, Sul-Americana, Recopa e afins, pois tenho muito mais orgulho de dizer, por exemplo, que vencemos o Peñarol na Libertadores de 1983 do que dizer que ganhamos do Atlético Nacional da Colômbia em 1995.

Da mesma forma que o poderoso futebol uruguaio decaiu um poço sem fim, o futebol argentino esta seguindo. Feliz o campeão da Libertadores que disputou conta os gigantes argentinos e uruguaios de outrora e não contra os clubes decadentes de hoje e outros de países sem qualquer força e tradição no futebol continental.


Por que ainda acredito?

É simples dizer por que ainda acredito. O Goiás é muito fraco e não tem qualquer tradição continental. O Independiente veio com o claro, e burro, objetivo de não ser eliminado no primeiro jogo, mas no segundo dará a vida pelo título, como sempre foi com os argentinos.

O clube de Goiânia vai ir para a Argentina rezando para não tomar gols, talvez na retranca, mas acredito que, com o apoio da torcida espetacular dos argentinos e com a tradição e raça do Independiente, os hermanos vençam e dêem um presente para nós gremistas.

Os vermelhos perderam todas que jogaram fora na Sula, mas em casa sempre buscaram, inclusive contra a forte LDU. Continuo acreditando, mas pensando só em domingo agora.


Para o Grêmio NADA é fácil. Nem por isso deixamos de ACREDITAR.

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011