Grêmiopédia - A enciclopédia do Grêmio

Acesse nosso novo site, a Grêmiopédia.

Todos os títulos do Grêmio

Como foram os grandes títulos do Imortal, do Mundial até os torneios internacionais.

A Conquista das Três Américas

Conheça a primeira conquista gremista das Américas nos anos 50.

Histórico de Confrontos

Confira o histórico de confrontos do Grêmio contra os mais variados times do Mundo.

Histórico de Campanhas

Histórico de campanhas gremistas na Libertadores, Brasileirão e outras competições.

O Dia em que o Grêmio venceu a URSS

Conheça essa façanha esquecida

30/07/2010

CAMPANHA: Ajude a escolher o novo Layout do Monumental!



Já imaginou se você pudesse escolher a pintura do estádio do seu time? Com a parceria entre Grêmio e Tintas Killing isso vai ser possível.

São três combinações de azul, preto e branco para você votar. E a opção vencedora será a nova fachada do estádio Olímpico.

Não perca tempo!

Com Killing, o tricolor fica ainda mais vibrante!





29/07/2010

O matador voltou!

27/07/2010

SULA'10: Olhos na nova Copa Sul-Americana




Pois é, o título do Campeonato Brasileiro e até a vaga na Copa Libertadores via tal competição esta cada vez mais distante e assim abre-se a possibilidade da priorização da Copa Sul-Americana. Até o ano de 2009 a Sul-Americana era uma competição sem a menor importância, somente a queriam aqueles que nada vislumbravam em outros campeonatos. Agora a copa subiu a um patamar de importância superior ao tempo que dá uma vaga a Libertadores.

No próximo dia 5 o Grêmio estréia na competição contra a equipe do Goiás em Goiânia com força máxima. O jogo decisivo em Porto Alegre será no dia 12.

Conforme Luiz Onofre Meira, o Grêmio deverá priorizar ambas as competições (Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana):

- Evidentemente que, neste campeonato de pontos corridos, ainda temos muita chance de recuperação. Estamos focados no Brasileirão. Mas, agora, o que vai ser repassado no vestiário é que temos que ir com disposição total nos dois campeonatos. Não existe poupar jogadores. O esforço terá que ser multiplicado.

A partir do início da competição é grande a probabilidade de times mistos ou reservas no campeonato nacional, já que as probabilidades de títulos ficam mais restritas a competição continental.

 

26/07/2010

BR'10: Melhor, mas não convence


Empate com o Cruzeiro fora de casa, um resultado que de forma alguma pode ser lamentado. Isso não porque estamos falando de uma grande equipe do futebol brasileiro, mas sim por se tratar da maior pedra no sapato do Grêmio no futebol mundial, não há no Planeta um clube que tenha dado mais desgostos aos gremistas como o Cruzeiro, por esse motivo devemos lamentar apenas por não termos ganho os três ponto, jamais pelo empate.

A melhora com relação aos jogos anteriores é visível, todavia não dá para se enganar com Silas, o qual já deveria ter feito suas malas para Santa Catarina a muito tempo. O time da Raposa não estava bem, isso determinou e muito o resultado, quantos pontos mais teremos que perder para o técnico sair?


Primeiro tempo

O Grêmio iniciou a partida melhor, todavia sua superioridade foi decaindo no decorrer do primeiro tempo, somado ao lado mineiro com uma atuação no máximo mediana, os clubes travaram um confronto muito fraco tecnicamente. As chances de gols foram raras e os erros abundantes.

Foto: Hoje em Dia / Rede Record / CP
Escalado com três zagueiros, o Grêmio conseguiu resistir bem na defesa, apesar dos erros da péssima zaga formada por Ozéia e Rodrigo, no primeiro tempo não tivemos muitas surpresas. No ataque os visitantes foram perigosos, Jonas foi a principal dor de cabeça da zaga adversária, a Raposa, que não conseguia chegar ao gol, pouco criou no decorrer da primeira etapa.

Quando o primeiro tempo entediante caminhava para o final a rede balançou. Aos 45 minutos de partida, Borges recebeu cruzamento primoroso de Jonas e mandou preciso para o gol, era a vantagem que os gremistas pretendiam para ir ao vestiário com mais tranquilidade.


Segundo tempo

Na fase final o Cruzeiro resolveu arriscar no ataque, o técnico Cuca substituiu Rômulo, lateral, por Sebá, atacante. Com três homens no ataque, o time mineiro retornou com mais vontade e partiu para cima do adversário assim que a bola voltou a rolar. Com 20 segundos de jogo, os donos da casa quase marcaram com Robert em um ataque vindo da direita de defesa.

Foto: Hoje em Dia / Rede Record / CP
O lance anterior Ozéia rendeu escanteio, na cobrança, Jonathan cruzou para Thiago Ribeiro que levantou na cabeça de Henrique mandar para o fundo das redes, era tudo que os cruzeirenses poderiam querer, já que o time passava por sérios problemas, principalmente de desfalques, e tinha no empate um bom resultado.

Em uma das poucas vezes na temporada, o Grêmio não se abateu com o empate e foi em busca da vantagem novamente. Depois de exercer pressão, aos 34 minutos, em uma cobrança de falta, Jonas no canto do gol de Fábio. Cruzeiro 1x2 Grêmio.

Foto: Hoje em Dia / Rede Record / CP
A resposta do Cruzeiro veio sete minutos depois, Everton cobrou escanteio da direita e Henrique, novamente, desviou de cabeça para deixar tudo igual na Arena do Jacaré. Faltando menos de 5 minutos para o final do jogo, os gaúchos pouco poderiam fazer, saindo com um empate que quase foi vitória, faltou qualidade e comprometimento da defesa gremista, algo que com esses jogadores que temos não será possível contar.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 x 2 GRÊMIO
Local:
Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 25 de julho de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa (Fifa) e Marcelo Braz (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Sebá, Fabinho e Henrique (C); Rafael Marques (G);
GOLS: CRUZEIRO: Henrique, a 1 minuto e aos 41 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Borges, aos 45 minutos do primeiro tempo, e Jonas, aos 34 minutos do segundo tempo;
CRUZEIRO: Fábio; Rômulo (Sebá), Fabinho, Caçapa e Diego Renan; Fabrício (Marquinhos Paraná), Henrique, Éverton e Jonathan; Thiago Ribeiro e Robert (Reina)
Técnico: Cuca
GRÊMIO: Victor; Ozeia, Rafael Marques (Willian Magrão) e Rodrigo; Maylson, Adilson, Fábio Rochemback (Ferdinando), Douglas e Hugo; Jonas (Fernando) e Borges
Técnico: Silas


Resultado\Próximo jogo

Com o resultado o Grêmio chegou a 11 pontos, subiu para o 18º lugar, mas não conseguiu deixar a incômoda zona de rebaixamento. Em 12 pontos, somou apenas três, mesmo assim parece que Silas fica. Nossa próxima rodada é Gre-Nal, enfrentaremos o Internacional no Beira-Rios, às 16h.



Vídeo:

23/07/2010

Template para Blogger do Grêmio





22/07/2010

BR'10: Mais um tropeço em casa

O Grêmio perdeu mais uma chance de iniciar a fuga da zona de rebaixamento, em um jogo que mais parecia prova aquática, devido ao alagamento do campo, o time gaúcho ficou no 1x1 com o Vasco da Gama. Pelas condições de campo e de jogo o resultado não seria ruim, todavia pelos jogos anteriores, os sucessivos erros de Silas e a burrice interminável do câncer gremista chamado Meira, se clamava por uma vitória ontem.


Primeiro tempo

Foi na base do chutão, sem poder jogar com a bola no chão devido a chuva que prejudicou muito o gramado do Olímpico, as duas equipes precisaram levantar a bola para conseguir chegar ao ataque. Ambos os times estavam pressionados, ocupando posições perigosas na zona do rebaixamento, precisando dos três pontos.

Foto: ClicRBS
Quem começou melhor foi o Vasco, aproveitando-se da fase ruim do adversário, logo aos 6 minutos fez o primeiro gol. Ozéia não ajuda a defender, mas consegue as façanhas de atrapalhar, em um cruzamento de cabeça de Nunes, a bola desviou do zagueiro, enganou Victor e morreu dentro das redes. O defensor indicado por Silas é o exemplo da precariedade do time e da péssima gestão de futebol do Grêmio, quando demitirem o técnico, tem que mandar embora 90% das contratações por ele indicadas.

A vantágem não durou muito, logo 3 minutos depois o ataque gremista empatou. Borges roubou a bola de Dedé, partiu para o ataque e mandou para Maylson em boa posição, o meia encontrou Jonas de frente para o gol, cruzou para o atacante que, com categoria, girou e chutou no ângulo vascaíno, vencendo Fernando Prass. Grêmio 1x1 Vasco.

Foto: Correio do Povo
Daí para a frente, ambos os times empilharam chances perdidas. O Vasco esteve perto com Fumagalli, que chutou na trave. Enquanto isso, Jonas, Maylson e Borges tentaram para os gaúchos. O Vasco se adaptou melhor gramado molhado e dominou o jogo até o fim do primeiro tempo. As oportunidades dos cariocas foram mais claras, porém tiveram o mesmo resultado das gaúchas, nada.


Segundo tempo

Por mais que tentassem era impossível jogar com a bola no pé, muitas poças d'água em um campo completamente encharcado propiciavam muitas jogadas erradas, o que ditou significativamente o ritmo da partida. O pior é que no segundo tempo as chuvas se intensificaram, os jogadores precisavam levantar a bola antes de fazer passes e seguiam sofrendo para conduzir as jogadas.


Foto: Uol Esportes
O Grêmio tentou exercer pressão, mas o gramado seguiu atrapalhando, os vascaínos tentavam no contra-ataque, mas parecia impossível passar pelas defesas com um campo nas condições que se apresentavam. O juiz até ameaçou encerrar a partida, todavia achou possível continuá-la.

No último lance de perigo do jogo, Borges chega a driblar o goleiro do Vasco e chuta para o gol, mas Titi tira de cima da linha, e acabando com a última chance do Grêmio. Os gremistas reclamaram muito que a bola teria batido no braço do defensor dos cariocas, mas o juiz não marcou pênalti.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 x 1 VASCO

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 21 de julho de 2010 (Quarta-feira)
Renda: R$ 64.309,50
Público: 4.820
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Gilson Bento Coutinho e José Amilton Pontarolo (ambos do PR)
Cartões amarelos: Neuton e Fernando (G); Nunes (V)
Gols: GRÊMIO: Jonas, aos 9 minutos do primeiro tempo; VASCO: Nunes, aos 6 minutos do primeiro tempo.
GRÊMIO: Victor; Fernando (Saimon), Rafael Marques, Ozeia e Neuton; Adilson, Fábio Rochemback, Maylson (André Lima) e Hugo (Willian Magrão); Jonas e Borges
Técnico: Silas
VASCO: Fernando Prass; Fagner (Jumar), Dedé, Titi e Carlinhos; Rafael Carioca, Rômulo, Nilton e Fumagalli (Léo Gago); Jonathan (Élton) e Nunes
Técnico: Paulo César Gusmão


Resultado\Próximo jogo

Com o resultado ficamos na zona de rebaixamento com 10 pontos, não vencemos nenhuma desde a volta do recesso, é preocupante. Na próxima rodada o Grêmio enfrentaremos o Cruzeiro, domingo, às 16h00 em Minas Gerais. Se Silas não for demitido agora o Meira temos que pensar seriamente em fortes manifestações contra o Meira.



Vídeo:

20/07/2010

MATUTANDO: Abismo à frente


É simplesmente assustador este começo após o Mundial. Até o fim da Copa do Brasil o Grêmio era considerado por muitos, e por mim, um dos melhores clubes do Brasil juntamente com o Santos. Após a eliminação contra o alvinegro praiano morreu a esperança do penta na competição e com ela a qualidade da equipe.

Não bastasse o caos dentro do time ainda somos obrigados a ver e ouvir notícias cada vez mais preocupantes.  Réver quase implorou para voltar, Éder Luis até gostou da idéia, Diego Souza deu sopa e o Grêmio comendo mosca.

O Vasco venceu o Grêmio na disputa por Eder Luis, o Vasco que mal saiu da segunda divisão. O Atlético MG, repito, o galinho de Minas (que a poucos dias estava devendo até o poleiro, que nunca ganhou nada de bom além de um Campeonato Brasileiro), contratou Diego Souza e Réver, não dá para acreditar na notícia, incrível.

O Grêmio contratou meio Avaí graças ao pensamento medíocre, quase insignificante, de time pequeno, do técnico Silas. Além ser derrotado pelos gambás em casa, caimos diante do Palmeiras de goleada, perdemos para o São Paulo por pura ruindade, empatamos com o Vitória no Olímpico e tomamos um sacode do Grêmio de Presidente Prudente. Estamos na zona da degola.

Como nem tudo é só Grêmio, chegou à notícia que, para mim, é a pior de todas. A janela de transferências foi antecipada, ou seja, o Internacional já pode contar com Sóbis, Renan e Tinga. As chances do Inter vencer o São Paulo triplicaram. Vencendo os paulistas muito dificilmente os colorados perderão a final.

A mais de 100 anos podemos gritar aos quatro ventos que somos melhores do que eles e este ano pode ser o último da superioridade gremista. Devemos ter muito medo do futuro próximo, pois tudo e todos conspiram para o luto tricolor.

19/07/2010

BR'10: Quando vamos reestrear?

A derrota de então pode ser, finalmente, a demissão de Silas. A situação esta insuportável, é mais do que o momento de renovar, se não vamos afundar de vez na competição. Não basta apelar para a Imortalidade, Duda Kroeff precisa tomar uma decisão definitiva e correta, é hora de alguém sair.

O jogo foi tenebroso, nem com muito esforço e otimismo é possível avaliar positivamente o Grêmio no decorrer da partida contra o Prudente, a desmobilização do grupo é mais do que preocupante, falta união, companheirismo, amor a camisa.


Primeiro tempo

O Grêmio tentou pressionar no início, conseguindo boas chances com Borges e Edilson, era um começo promissor, mas ao mesmo tempo despretensioso. A idéia era de que o Tricolor Gaúcho pudesse impor sua superioridade técnica diante do frágil xará do interior paulista.

Foto Gazeta.net
Seguia o tempo e os times começavam a nivelar, mas a igualdade se desfez aos 22 minutos, em uma boa jogada em cobrança de falta mudou o panorama do jogo. Paulo César bateu direto para o gol, Edílson e Douglas, abriram a barreira e a bola seguiu para as redes, havia tempo para reverter o placar, era só preciso vontade.

O que se viu depois do gol foi desesperador, o time gaúcho se perdia em campo, aos 28 minutos Edilson e Victor discutiram, em uma clara demonstração do péssimo clima do time, algo que caberia a Silas contornar, mas ao que tudo indica não há mais controle do vestiário. O goleiro gremista acabou sendo o nome do primeiro tempo, Vanderley e Wesley tiveram chances de marca para o Prudente, mas pararam na muralha tricolor.


Segundo tempo

Rodrigo, que esta cada vez mais irresponsável na defesa do Grêmio, até certo ponto cometendo erros de propósito, fez falta besta para os paulistas dentro da área antes do primeiro minuto de jogo, pênalti para os rivais. Na cobrança, Victor foi cirúrgico, salvando o time do segundo gol.

Foto: Célio Messia\UOL Esportes
A salvação do goleiro gremista animou a equipe, tentamos buscar o ataque, mas o medo de tomar o segundo gol impedia algum tipo de pressão, ainda mais diante da postura do Prudente, que somente saia em contra-ataques, visando vencer o adversário no erro.

No decorrer da partida os paulistas perderam um jogador expulso, mesmo com a oportunidade não aproveitamos, o Prudente, entretanto, fez o segundo com Vanderley, matando a partida. O jogo demonstrou a insustentável permanência de Silas no comando técnico do Grêmio, tudo que se espera é que a demissão espere a próxima partida.

FICHA TÉCNICA
PRUDENTE 2x0 GRÊMIO
Local: Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Data: 18 de julho de 2010, domingo
Renda: R$ 63.680,00
Público: 4.153 pagantes
Árbitro: Arílson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro de Matos e Adaílton José de Jesus (ambos da BA)
Cartões amarelos: Anderson e João Vitor (Prudente); Edílson, Douglas, Rodrigo e Neuton (Grêmio);
Cartão vermelho: João Vitor (Prudente);
GOLS: Paulo César, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Wanderlei, aos 46 minutos do segundo tempo;
PRUDENTE: Giovanni; Paulo César, Anderson Luís, Leonardo e Marcelo Oliveira; Carlos Eduardo (Diego), Rodrigo Mancha, João Vitor e Deyvid Sacconi (Anderson Trindade); Wesley (Flavinho) e Wanderlei
Técnico: Toninho Cecílio
GRÊMIO: Victor; Edílson (Maylson), Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, Fábio Rochemback, Douglas (Roberson) e Hugo; Jonas e Borges (André Lima)
Técnico: Silas


Resultado\Próximo jogo

Com o resultado estamos na zona do rebaixamento com apenas nove pontos, em décimo sétimo lugar. Na décima rodada o Grêmio enfrenta o Vasco, quarta-feira, às 21h50, no Olímpico, precisamos urgente de uma vitória.


Vídeo:

Fora Silas!



Não sou adepto a maioria dos  movimentos de críticas  que visam  desconstituir um  trabalho a  longo prazo.

O Internacional, nos anos 90, passou por uma crise financeira muito grande e a proposta da diretoria na época era gastar pouco e colocar as contas em dia. Anos após, com as contas acertadas e um super time, o Inter foi campeão mundial, depois de quase ter caído nos anos 90 por economizar em prol da saúde financeira.

Por que tudo isso? Para explicar o quanto sou a favor do longo prazo. Todo o clube deveria pensa assim, mas investindo naquilo que tem futuro e o técnico Silas, para mim, não é um deles.

Silas peca na organização e na parte psicológica da equipe. Qual foi o último jogo que você lembra que o Grêmio não ficou abalado após tomar um gol? Eu particularmente nem lembro mais.

Autuori é, para mim, um exemplo de técnico ao qual dá para se trabalhar a longo prazo, agora Silas, não. Estamos com sede de títulos, pois 2001 está muito longe e não aguentamos mais esperar. Com Silas talvez esta espera seja ainda mais longa.

14/07/2010

BR'10: Retorno amargo

O retorno ao Campeonato Brasileiro foi terrível, com o time completamente desmobilizado perdemos uma grande chance de marcar pontos na competição, parece que o castelo de areia do técnico Silas vem desmoronando, é hora de trocar.


Primeiro tempo

O jogo começou sem grande emoções, com os dois times brigando pela bola no meio campo, os donos da casa se destacaram tentando chegar ao gol de Viáfara. A primeira grande chance do Tricolor foi aos 25 minutos, Borges aproveitou a bobeada da defesa do Vitória, foi até a entrada da área e chutou, mas pegou mal na bola, que saiu pela linha de fundo.

Foto: ClicRBS
Aos 30 minutos mais um lance de perigo para os baianos, Edílson em boa jogada pela esquerda, cruzou para Hugo que entrou na área e chutou por cima do gol. A máxima do futebol impera "quem não faz leva", então, aos34 minutos, Ramon cobrou falta, Adilson falhou e a bola sobrou para o zagueiro Wallace, que chutou cruzado para abrir o placar.

O Grêmio até que tentou alguma pressão, mas pecava na falta de vontade de alguns jogadores e com o meio-campo completamente perdido. Com o resultado a seu favor e a necessidade de preservação para a final da Copa do Brasil, o Vitória ficou na defesa, saindo em contra-ataques para matar o jogo, no fim o placar terminou 0x1.


Segundo tempo

Precisando do resultado dentro de casa, o Grêmio iniciou a segunda etapa pressionando de todos os lados, queria a todo custo o gol de empate, mas corria perigo nos contra-ataques, o segundo gol significaria, pelas condições da partida, derrota dentro de casa.

Foto: ClicRBS
Aos 28 minutos, Maylson cruzou da direita, Jonas dominou no peito e chutou, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo. De tanto pressionar, o Tricolor chegou ao empate aos 30 minutos. Jonas cruzou pra área, Borges desviou para o gol, o zagueiro Egídio em cima da linha tentou cortar, mas ela já estava dentro do gol.

No final o Grêmio tentou chegar ao gol da vitória, mas esbarrou na boa defesa do Leão, que segurou bem as pontas e garantiu o ponto precioso fora de casa. Agora é juntar os cacos e tentar um triunfo contra o fraco time do Presidente Prudente fora de casa.


FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1x1 VITÓRIA

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 14 de julho de 2010
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: João Patrício de Araújo (GO) e Marco Antônio de Mello Moreira (GO)
Cartões Amarelos: Hugo, William Magrão, Maylson e Jonas (Grêmio); Ramon, Elkeson, Ricardo Conceição, Fernando e Viáfara (Vitória)
Gols: VITÓRIA: Wallace, aos 33 minutos do primeiro tempo. GRÊMIO: Egídio (contra), aos 30 minutos do segundo tempo.
GRÊMIO: Victor; Edílson, Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, William Magrão (André Lima), Leandro (Maylson) e Hugo; Jonas e Borges
Técnico: Silas
VITÓRIA: Viáfara; Nino, Anderson Martins, Wallace e Egídio (Rafael Cruz); Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando (Vilson), Ramon (Soares) e Elkeson; Schwenck
Técnico: Ricardo Silva


Resultado\Próximo jogo

Nosso próxima partida é  no domingo, às 18h30, em Presidente Prudente contra a equipe da cidade. Precisamos de uma vitória para recuperar os pontos perdidos no Olímpico. Com o resultado, o Grêmio ficou na 13ª colocação com nove pontos ganhos estamos nos distanciando dos lideres.


Vídeo:


13/07/2010

Capanha: Não fique de fora!

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011