Grêmiopédia - A enciclopédia do Grêmio

Acesse nosso novo site, a Grêmiopédia.

Todos os títulos do Grêmio

Como foram os grandes títulos do Imortal, do Mundial até os torneios internacionais.

A Conquista das Três Américas

Conheça a primeira conquista gremista das Américas nos anos 50.

Histórico de Confrontos

Confira o histórico de confrontos do Grêmio contra os mais variados times do Mundo.

Histórico de Campanhas

Histórico de campanhas gremistas na Libertadores, Brasileirão e outras competições.

O Dia em que o Grêmio venceu a URSS

Conheça essa façanha esquecida

27/06/2010

Grêmio 3X1 Nacional - Taça Fronteira da Paz 2010


No ano de 2010, em uma das poucas oportunidades dos clubes brasileiro de participarem de torneios internacionais nos últimos anos, o Grêmio viajou para o Uruguai para disputar a Taça Fronteira da Paz contra no Nacional de Montevideo no estádio Atílio Paiva em Rivera.

O jogo foi 3X1 para o Imortal, gols de Maylson e Reguero contra. O placar poderia ter sido mais elástico dado a supremacia dos gaúchos em campo, dominando o jogo a partir do meio-campo com Maylson, que fez a diferença sendo a estrela da partida.

Foto: ClicRBS

Os gols começaram a aparecer após os 36 minutos de partida, o primeiro foi obra do lateral Fábio Santos, atento, o gremista viu Maylson posicionado e cruzou na cabeça do meia que só teve o trabalho de empurrar para as redes. Era o primeiro gol, a tradução da partida, da superioridade técnica do Grêmio em campo que só não foi maior devido ao campo irregular e a chuva.

Três minutos depois de balançar as redes rivais o Imortal chegou novamente, Hugo tabelou com Jonas, o atacante venceu a zaga uruguaia e cruzou para Maylson que estava posicionado para fazer seu segundo na partida, o segundo do Tricolor Gaúcho. Nacional 0x2 Grêmio.

Na volta do intervalo a equipe do Nacional diminuiu com o atacante Garcia, dali em diante a partida ficava truncada. O melhor lance seria o terceiro gol do Grêmio aos 12 minutos, Reguero tentou afastar um escanteio de Fábio Rochemback e mandou contra o próprio patrimônio, dali em diante o jogo ficava morno, só esquentando na hora da entrega da Taça Fronteira da Paz. Mais um troféu do Uruguai no memorial gremista!




DADOS DO JOGO
Local:Rivera/URU
Data:27/06/2010
ÁrbitroLeonardo Gaciba
Gol:Maylson e Reguero (contra)(Grêmio) - García (Nacional)



 GRÊMIO
NACIONAL 
VICTOR
MUÑOZ
EDÍLSON
NÚÑEZ
OZÉIA
LEMBO
RODRIGO
COATES
FÁBIO_SANTOS
DIEGO_RODRÍGUEZ
ADÍLSON
FERRO
WILLIAN_MAGRÃO
CALZADA
MAYLSON
PEREYRA
HUGO
REGUERO
JONAS
GARCÍA
BORGES
DIEGO VERA
TÉCNICO: SILAS
TÉCNICO: LUIS GONZÁLEZ










Equipe gremista de 2010



Troféu da competição




















10/06/2010

BR'10: Show de Dagolerto e vexame de Rodrigo

A idéia era ir para o recesso para a Copa do Mundo com o pé direito, mas acabamos com um "balde de água fria". A atuação deprimente de Rodrigo expõe uma ferida horrível nos times formados pelo Grêmio, muita balaca e pouco futebol. Não dá mais para permanecer com jogadores como Rodrigo, Leandro, Hugo e afins, é pedir para ficar a mercê de mercenários que não sabem o que é amor a camisa.


Primeiro tempo

Ninguém queria empate, com essa filosofia os times entraram em campo, a idéia era o ataque. De um lado nós com o inexperiente Roberson e o “atacante” ex-Avaí William, a expectativa (e o que aconteceu de fato) era de muitos problemas nas finalizações. Do lado oposto os paulistas tinham Dagoberto como arma.

Foto: Robson Ventura\Folhapress
Sem poder contar com o ataque, sobrou novamente para o meio o dever de marcar. Logo aos 6 minutos Hugo ganhou uma bola pelo auto e bateu rasteiro, gol. O São Paulo, mesmo atrás no placar, não se abateu e foi ao ataque, aos 16, Dagoberto recebeu um presente de Rodrigo que fez uma besteira gigantesca no campo defensivo, o são-paulino não perdoou, tirou de Victor e estufou as redes.

Não satisfeito com o erro no gol do São Paulo, Rodrigo cometeu outro. Em um lance relaxado, o zagueiro derrubou o adversário dentro da área. Pênalti para os mandantes. Na cobrança Rogério Ceni errou mandando no travessão, tivemos sorte. No restante do primeiro tempo o Grêmio sufocou o São Paulo, que só segurou o resultado graças aos péssimos atacantes do Imortal e ao seu grande goleiro.


Segundo tempo

O Grêmio começou como na primeira etapa, mas com o mesmo problema no ataque. Pressionando sem efeito, o Tricolor Gaúcho pagou caro pela falta de atacantes descentes, Dagoberto entrou na área e mostrou para os dirigentes o que é um atacante de verdade. São Paulo 2x1 Grêmio.

Foto: Robson Ventura\Folhapress
Como vem ocorrendo com normalidade na equipe do Grêmio, tomamos a virada e os jogadores se perderam em campo. Os erros que se sucederam fez com que o terceiro gol não tardasse a chegar estávamos desistindo da partida com uma facilidade espantosa.

Logo depois do segundo gol paulista, Marlos chutou forte conta a meta de Victor, a bola bateu na trave e, no rebote, Dagoberto marcou o terceiro, do São Paulo e dele. Depois de mais um gol, a velha sina gaúcha voltou a assombrar, o Grêmio não teve VONTADE de vencer e o São Paulo aproveitou para valorizar a bola até o fim de jogo. Espero Jonas e Borges não faltem mais, do contrario será difícil.

OBS.: Avaí Foot-Ball Porto Alegrense, Tô fora!



FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 x 1 GRÊMIO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 6 de junho de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 309.541,87
Público: 14.408 pagantes
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa-RJ) e Lilian da Silva Fernandes (RJ)
Cartões amarelos: Alex Silva e Richarlyson (São Paulo); Fábio Rochemback, Edílson e Ozeia (Grêmio)
Gols: Hugo, aos sete minutos do primeiro tempo. Dagoberto, aos 17 minutos do primeiro tempo e aos 21 e 23 minutos do segundo tempo.
SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Alex Silva e Richarlyson; Cicinho (Wellington), Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos (Marcelinho Paraíba) e Junior Cesar; Fernandão (Fernandinho) e Dagoberto
Técnico: Ricardo Gomes
GRÊMIO: Victor; Edílson, Ozeia (Rafael Marques), Rodrigo e Bruno Collaço; Fábio Rochemback, Maylson, Douglas e Hugo; Roberson (Fernando) e William
Técnico: Silas



Resultado\Próximo jogo

Com o rescesso da Copa do Mundo não sabemos qual será o próximo jogo gremista, possivelmente a equipe fará alguns amistosos pelo país.


Vídeo:

03/06/2010

BR'10: Um jogo de superação



Muita superação, mesmo com o time do Grêmio totalmente descaracterizado, os jogadores fizeram bonito e demonstraram mais uma vez que o Imortal é um dos melhores clubes do primeiro semestre de 2010. Se mantermos o ritmo vamos brigar pelo título da competição.

Primeiro tempo

O jogo começou truncado, com marcação muito forte e poucas chances de gol, o primeiro a chegar foi o Atlético, aos seis minutos, quando Ricardinho recebeu passe de Tardelli pela esquerda, dominou e girou batendo para o gol, mas Vítor ficou com ela.


Foto: ClicRBS
O Grêmio deu a resposta aos 21 minutos, Hugo recebeu o cruzamento em uma cobrança de escanteio, mas não conseguiu dominar a bola e a zaga do Galo mandou para a lateral. No lance seguinte, Adílson arriscou um chute perigoso de fora da área, a bola desviou e quase surpreendeu o goleiro Marcelo.

Com a partida feia, o gol somente sairia de uma bola parada, e foi isso que aconteceu. Aos 37 minutos, após cobrança de escanteio, Hugo marcou de cabeça, jogando no canto esquerdo do goleiro mineiro. Os visitantes tentaram uma reação, com um pouco de pressão chegaram ao empate aos 44, Ricardinho chutou de fora da área, a bola desviou na defesa e enganou Vítor.


Segundo tempo

O segundo começou com os dois times iguais, o Grêmio assumiu uma postura mais ofensiva, empurrando os visitantes para a defesa. Deu resultado, pois aos 15 minutos, Hugo marcou mais uma vez, recebeu cruzamento na grande área e cabeceou com liberdade no canto esquerdo, marcando o segundo, frango do goleiro Marcelo.


Foto: ClicRBS
A vantagem gremista era muito pequena, o time estava completamente deformado e ainda penando pela péssima preparação física e maratona de jogos. O jogo ainda estava longe de terminar e o adversário queria espantar a zica de qualquer jeito.

Depois de ter tomado o gol, só restou ao Atlético sair para o ataque, em busca do empate, aos 22 minutos Muriqui fez boa jogada na grande área, batendo cruzado, Vítor espalmou e Diego Macedo desviou para fora, perdendo um gol feito. Aos 37, foi a vez de Lima receber na entrada da área, bater, e tirar tinta da trave esquerda de Vitor, mas foi só.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 x 1 ATLÉTICO-MG

Local:  Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de junho de 2010, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Renda: R$ 212.379,00
Público: 14.605
Árbitro: Péricles Bassols (Fifa-RJ)
Assistentes: Dilbert Pedrosa (Fifa) e Marco Aurélio Pessanha (ambos do RJ)
Cartões amarelos: William, Edílson, Hugo, Fábio Rochemback, Adílson e Fernando (Grêmio); Jairo Campos, João Pedro, Leandro e Marcelo (Atlético-MG)
Cartão vermelho: João Pedro (Atlético-MG)
Gols: GRÊMIO: Hugo, aos 37 minutos do primeiro tempo e aos 15 minutos do primeiro tempo; ATLÉTICO-MG: Ricardinho, aos 44 minutos do primeiro tempo
GRÊMIO: Victor; Edílson, Ozeia, Rodrigo e Bruno Collaço; Adilson, Fábio Rochemback, Hugo e Maylson; Roberson (Bérgson) e William (Fernando)
Técnico: Silas
ATLÉTICO-MG: Marcelo; Jairo Campos (Ricardo Bueno), Lima e Werley; Diego Macedo, Rafael Jataí (Wendel), João Pedro, Ricardinho e Leandro (Junior); Muriqui e Diego Tardelli
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Resultado\Próximo jogo

A vitória deixa o Grêmio muito próximo da zona da Libertadores, estamos com 8 pontos em 5 rodadas, nada mal para quem recém entrou na competição. Nosso próximo jogo é na em São Paulo, onde enfrentamos o São Paulo, no Morumbi, às 16 horas, no domingo. Depois desse jogo é o recesso para a Copa do Mundo.



Vídeo:

Web Page Traffic Counters

Visitantes desde 26/11/2011